24 de janeiro de 2019

‘Cada vez mais difícil’, diz Paulo Câmara sobre o PSB apoiar Maia

O governador Paulo Câmara (PSB) acredita ser difícil o PSB apoiar a candidatura de Rodrigo Maia (DEM) à Presidência da Câmara dos Deputados, mas não descartou a possibilidade. “Pelo andar da carruagem está ficando cada vez mais difícil, mas sempre prego o diálogo enquanto puder haver diálogo e consenso sempre sou a favor. Acho que se a gente ainda puder caminhar para a unidade seria importante”, disse o socialista após reunião com a bancada federal de Pernambuco, na manhã desta quarta-feira (23).

Rodrigo Maia ainda não oficializou a candidatura à reeleição, mas já conta com o apoio de 12 siglas para permanecer no cargo, incluindo o PSL, do presidente Jair Bolsonaro. E foi justamento o apoio do PSL que fez o PSB recuar no apoio a Maia. Cabe ressaltar que os partidos que formaram um bloco com o PSB, logo após a eleição, o PDT e o PCdoB, vão apoiar a reeleição de Rodrigo Maia. “Eu tenho trabalhado muito para ouvir todos os lados e buscar unidade. O partido está debatendo ainda, há um indicativo de não acompanhar o bloco que o presidente Rodrigo Maia está formando e vamos aguardar. Essas coisas são dinâmicas, até o dia 1º muita coisa pode mudar”, comentou Paulo Câmara.

A votação para Mesa Diretora é secreta. Para eleição em primeiro turno, é necessária maioria absoluta entre os presentes na sessão, o correspondente a 257 deputados. Se ninguém atingir este número, há segundo turno com os dois mais votados. A eleição dos demais integrantes da mesa só ocorre quando o presidente é eleito.

REUNIÃO COM A BANCADA

Sobre o encontro com os deputados federais de Pernambuco, Paulo Câmara disse que todos devem colocar o Estado em primeiro lugar independente de questões partidárias. “A gente entende que essa aproximação cada vez maior com o a Câmara dos Deputados e com o Senado Federal pode nos ajudar na articulação em Brasília. Todos sabemos que acima de tudo está o bem de Pernambuco, independente de posições políticas. Foi uma conversa muito franca, muito transparente e ouvimos muito também, contribuições importantes. Espero que isso tenha desdobramento, não apenas outras reuniões como essa, mas também que toda vez que estivermos em Brasília ter condições de estarmos reunidos com os deputados, irmos juntos ao governo federal, aos ministérios pleitear ações importantes para Pernambuco e destravar coisas que sejam fundamentais, seja na área de estradas, seja na área de portos, seja na questão de desenvolvimento econômico, na questão do abastecimento de água, nos projetos de irrigação, tudo isso é importante”, disse.

Sete dos 25 deputados federais eleitos estiveram ausentes na reunião com o governador. Foram eles: André ferreira (PSC), Daniel Coelho (PSDB), Eduardo da Fonte (PP), Felipe Carreras (PSB), Fernando Filho (DEM), Marília Arraes (PT) e Tadeu Alencar (PSB).

Do Roberto Araripina
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Quem somos

O Tribuna Belmontense é um blog de divulgação de notícias locais e regionais sobre os mais diversos assuntos de interesse geral.

Agradecemos sua visita. Volte Sempre :)

Twitter

Copyright © Tribuna Belmontense - São José do Belmonte - PE

Design por