27 de agosto de 2018

Em Serra Talhada, Paulo Câmara vistoria obras do Hospital Geral do Sertão

Após a passagem pela unidade de saúde, nesta segunda, o governador visitou as obras do novo campus da UPE e o aeroporto do município

SERRA TALHADA – O governador Paulo Câmara esteve, nesta segunda-feira (27.08), no Sertão do Pajeú, neste município, para vistoriar as obras do Hospital Geral do Sertão Governador Eduardo Campos – HGS. O serviço de terraplanagem, executado em uma área de 30 mil metros quadrados (m²) localizada às margens do km 418 da BR-232, que receberá a edificação, já foi finalizado. A previsão é de que as obras totais do hospital sejam concluídas em dezembro de 2019. A unidade, que receberá um investimento de R$ 60 milhões, terá capacidade para realizar, em média, 500 internamentos por mês e oferecerá, entre outros serviços, atendimento ambulatorial nas especialidades de traumato-ortopedia, clínicas geral, cardiológica e neurológica, além de cirurgia geral.

“Com o Hospital Geral do Sertão, vamos acabar com um vazio que existe hoje na Região, pois quem busca atendimento de média e alta complexidade tem que sair do Sertão do Pajeú para o Sertão do São Francisco, em Petrolina, ou no Agreste, em Caruaru, para conseguir esse tipo de atendimento. Então, com essa nova unidade, nós garantiremos muita qualidade aos sertões do Pajeú, Central e regiões próximas”, afirmou o governador Paulo Câmara.

Atualmente, estão em curso obras de terraplanagem das ruas de acesso ao local, a locação e escavação dos elementos de fundação, drenagem de águas pluviais e serviços preliminares de construção. Além de Serra Talhada, o HGS atenderá os municípios sertanejos de Betânia, Calumbi, Carnaubeira da Penha, Flores, Floresta, Itacuruba, Santa Cruz da Baixa Verde, São José do Belmonte e Triunfo.

Com aproximadamente 10 mil metros quadrados de área construída, a estrutura física da unidade contará com 5 salas de cirurgia, 60 leitos de internamento e 10 leitos de UTI, com possibilidade de expansão para um total de 140 leitos de internamento e 20 leitos de UTI. O HGS irá complementar a rede de saúde da III Macrorregião, que possui 35 municípios e atende uma população de 842.153 habitantes. A III Macrorregião é composta pelas VI, X e XI Regionais de Saúde do Estado de Pernambuco.

EDUCAÇÃO – Após visitar as obras do Hospital Geral do Sertão Governador Eduardo Campos, o governador Paulo Câmara visitou o novo prédio da Universidade de Pernambuco (UPE) de Serra Talhada. Com um aporte de R$ 5,3 milhões, o campus contemplará, além deste município, as cidades de Arcoverde, Belém de São Francisco, Cabrobó, Carnaíba, Caruaru, Ibimirim, Lagoa Grande, Limoeiro, Petrolina, Recife, São José do Egito, Surubim, São Lourenço da Mata, Santa Terezinha, Princesa Izabel, além dos estados do Ceará, Bahia e Aracaju.

Construído em um espaço de 3.324,23 m², o prédio é composto por quatro pavimentos com elevador; estacionamentos com capacidade para 70 veículos e 78 motos; biblioteca; auditório; área de convivência; secretaria/escolaridade; almoxarifado e sala técnica. Também integram o campus laboratórios de Microparasitologia, de Microscopia, de Bioquímica, de Anatomia e de habilidades contendo: consultórios, enfermaria, sala de operação, sala de emergência, camarim dos simuladores, sala de comunicação, sala do professor e sala técnica. O prédio conta, ainda, com oito salas de aulas, 13 salas de professores, três salas de coordenação, nove salas tutorias e um laboratório de informática.

AEROPORTO - Em seguida, o chefe do Executivo estadual visitou o aeroporto de Serra Talhada, requalificado recentemente, tendo recebido, até então, um aporte de R$ 8 milhões do Governo do Estado. O investimento foi feito na pista de pouso e decolagem, no balizamento noturno, na construção do Turn Around (local onde o avião faz a curva) e também na instalação do terminal provisório de passageiros. Os voos serão operados pela companhia aérea Azul Linhas Aéreas.

Atendendo à exigência da aviação civil, o aeroporto foi contemplado com a instalação da primeira Estação Meteorológica de Superfície Automática (EMS-A) no Brasil. O equipamento utiliza tecnologia de ponta. Movido à energia solar, ele envia às aeronaves as informações climáticas da região em tempo real, o que garante um voo mais seguro.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Quem somos

O Tribuna Belmontense é um blog de divulgação de notícias locais e regionais sobre os mais diversos assuntos de interesse geral.

Agradecemos sua visita. Volte Sempre :)

Twitter

Copyright © Tribuna Belmontense - São José do Belmonte - PE

Design por