17 de agosto de 2017

Com pouco mais de 37 mil votos, Augusto César foi eleito na 44º colocação na eleição passada, no sistema ‘distritão’ teria muita dificuldade



Apesar dos partidários do deputado estadual Augusto César (PTB) estarem comemorando sua performance nas intenções de votos dos serra-talhadenses, e entre os entusiastas destaque para alguns ‘duquistas’ que garantem que o deputado, com apoio do prefeito de Serra Talhada se reelegerá com facilidade, na realidade não é tão fácil assim a vida de César, principalmente diante das reformas eleitoral em andamento.
Caso passe o sistema ‘distritrão’, onde se elegerá aquele que nominalmente tiver mais votos, o tempo nubla para o deputado trabalhista, isso se baseando no seu desempenho na eleição de 2014, quando obteve 37.410, ficando nas últimas posições entre os eleitos para Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), que tem 49 cadeiras e Augusto foi exatamente eleito na 44º posição, deixando pra trás candidatos que obtiveram maior números de votos, como é o caso de Antonio Moraes (PSDB), com 40.729 votos, Marcantonio Dourado (PSB), que teve 40.472 votos, Maviel Cavalcante (DEM) com 38.785 e Roberta Moraes (PSB) com 38.030 que apesar de terem mais votos não assumiram. 
Em outras palavras, caso em 2014 estivesse valendo o sistema ‘distritão’ César teria muita dificuldade para ser eleito deputado estadual em Pernambuco.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Twitter

SOBRE NÓS

O Tribuna Belmontense é um blog de divulgação de notícias locais e regionais sobre os mais diversos assuntos de interesse geral.

Agradecemos sua visita. Volte Sempre :)

Copyright © Blog Tribuna Belmontense -

Design por