2 de março de 2017

Mãe afirma que PMST cobra material para estudar em creche

“É uma lista com muita coisa, caderno, lápis e até folha de papel ofício."

Uma mãe do bairro do Ipsep, em Serra Talhada, procurou a redação do Farol de Notíciasna quinta-feira (2), para lamentar, segundo ela, de uma imposição feita pela direção da creche São João Batista, que entregou às mães uma lista de material escolar para ser adquirida pelos pais.

“É uma lista com muita coisa, caderno, lápis e até folha de papel ofício. Eu não tenho condições de comprar porque estou desempregada por conta do horário da creche que funciona até 11 horas. Trabalho como doméstica e tive que sair para cuidar do meu filho de quatro anos. Isso não é justo”, desabafou a dona de casa Maria da Conceição Siqueira, informando que o valor do material gira em torno de R$ 250.

O OUTRO LADO

A reportagem do Farol conversou com o secretário de Educação, Edmar Júnior, que disse desconhecer a prática de cobrança de material via relação enviada aos pais.

“Desconheço esta cobrança de material e vou apurar. Se isso estiver ocorrendo mandarei suspender na hora. Mas não acredito que isso esteja ocorrendo”, declarou o secretário, ponderando que o material de uso individual deve, sim, ser adquirido pelos pais.

Já com relação ao horário de funcionamento da creche, Edmar Júnior informou que o tempo integral funciona apenas para crianças de até 3 anos de idade. “Se o filho tem quatro anos, este é o horário”.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Quem somos

O Tribuna Belmontense é um blog de divulgação de notícias locais e regionais sobre os mais diversos assuntos de interesse geral.

Agradecemos sua visita. Volte Sempre :)

Twitter

Copyright © Tribuna Belmontense - São José do Belmonte - PE

Design por