9 de janeiro de 2016

PGR descobre 94 pedidos de Cunha a empreiteiro





PGR descobre 94 pedidos de Cunha a empreiteiro




A Procuradoria Geral da República detectou, nas mensagens de celular do ex-presidente da OAS Léo Pinheiro, um total de 94 pedidos de "encontro, ligação ou contato", entre ele e o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Os dados foram descritos no pedido de busca e apreensão nos endereços de Cunha, operação realizada em dezembro. Nas mensagens, eles acertam mudanças em projetos de interesse da OAS na Câmara e doações eleitorais, que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, aponta serem propina em troca da ajuda que Cunha dá no em projetos no Legislativo. "Em contraprestação, Eduardo Cunha recebia vantagens indevidas, para si e para outrem, em forma de `doações' eleitorais", escreveu Janot. Segundo resumo das trocas de mensagens de Léo Pinheiro e Cunha, há "94 pedidos em dias diferentes para encontro, ligação ou contato", 18 comunicações que indicam que um deles estaria em um local para encontro, 35 "pedidos/solicitações/cobranças/agradecimentos" de Cunha para o empreiteiro e 30 de Pinheiro para Cunha.

As conversas indicam, por exemplo, que a OAS escrevia emendas para Cunha apresentar em medidas provisórias no Congresso.

"Mandei para seu e-mail as emendas de EC refeitas", enviou um funcionário para o empreiteiro Léo Pinheiro.

Janot também aponta que Cunha prometeu interceder a favor da OAS junto ao então ministro da Aviação Civil, Moreira Franco (PMDB), por questões relacionadas a obras em aeroportos, mas não há conclusão se a ajuda de fato foi efetivada.    são José do Belmonte, belmonte,

Em contrapartida, Cunha fazia frequentes cobranças e negociações de doações à OAS, diz a PGR.

"O tesoureiro Rogério Vargas, 900", enviou Cunha a Léo Pinheiro, mensagem interpretada pela PGR como uma cobrança de doação de R$ 900 mil ao tesoureiro do PSC.

Em outra mensagem, segundo a PGR, Cunha conta ter combinado uma doação com a Odebrecht para a campanha do correligionário Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) ao governo do Rio Grande do Norte e pede para Léo Pinheiro "acertar" com ele depois. "Tive com Júnior [da Odebrecht] pedi a ele para doar por você ao Henrique, acho que ele fará algo, tudo bem?", escreveu Cunha a Léo Pinheiro.

Cunha tem afirmado que nunca recebeu propina e, em nota desta sexta-feira (8), afirmou que "existe uma investigação seletiva do PGR" contra ele. "Reitera que jamais recebeu qualquer vantagem indevida de quem quer que seja e desafia a provarem", informou na nota.     notícias de são josé do belmonte,  politica de são josé do Belmonte, belmonte política, belmonte notícias,polícia belmonte, polícia são José do belmonte, política de são José do Belmonte, são José do belmonte, belmonte, belmonte noticias blog, belmonte noticias 190,blogs de são Jose do belmonte, blogs de são José do Belmonte, são José do belmonte, tribuna belmonte, tribuna belmontense,belmonte,

VOLTE À PÁGINA INICIAL






Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Quem somos

O Tribuna Belmontense é um blog de divulgação de notícias locais e regionais sobre os mais diversos assuntos de interesse geral.

Agradecemos sua visita. Volte Sempre :)

Twitter

Copyright © Tribuna Belmontense - São José do Belmonte - PE

Design por