22 de dezembro de 2015

POLÍTICA: Saia justa em Cunha no STF

blogs de sao jose do Belmonte, noticias de sao Jose do belmonte, politica de sao Jose do belmonte, tribuna belmontense, tribuna belmonte,
O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, constrangeu, ontem, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ao abrir para a Imprensa a audiência que ele pediu com a intenção de contestar a decisão daquela corte sobre o rito do impeachment.
Na presença dele e de um grupo de jornalistas, afirmou que, na opinião dele, a decisão da Corte que definiu o rito do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff não deixa "margem" para dúvidas. Na semana passada, o plenário do Supremo barrou o rito de impeachment definido por Eduardo Cunha.

Nas duas sessões nas quais trataram do assunto, os ministros decidiram, entre outros pontos, anular a eleição, em votação secreta, de chapa alternativa, formada por deputados da oposição e dissidentes da base; e dar mais poder ao Senado, sob o entendimento de que a Casa não precisa seguir eventual decisão da Câmara de dar sequência ao processo de impeachment.
Na reunião aberta que teve com Cunha no gabinete da presidência do STF, Lewandowski também afirmou que, se a Câmara apresentar recurso antes da publicação do acórdão (resumo das decisões tomadas no julgamento), poderá ser recusado, de antemão, por ter sido protocolado antes do prazo.
A audiência durou cerca de 25 minutos e foi bastante formal. Também participaram da reunião os deputados Alessandro Molon (Rede-RJ), Sóstenes Cavalcante (PSD-RJ) e Jovair Arantes (PTB-GO). Lewandowski foi quem mais falou, mas sempre para deixar claro que não poderia dar "consultoria informal" sobre a decisão do STF e para pontuar que não há espaço para dúvidas.
O presidente da Câmara solicitou a audiência a Lewandowski para pedir rapidez na publicação do acórdão e para apresentar dúvidas que ele alega terem surgido na casa legislativa em torno da decisão do tribunal sobre o rito do impeachment. O peemedebista também aproveitou o encontro para anunciar que entrará com embargos de declaração, que são recursos destinados a esclarecer pontos considerados contraditórios ou inconsistentes em um julgamento.
Em meio ao encontro, o magistrado disse não enxergar espaço para questionamentos e não quis responder perguntas específicas sobre os efeitos da decisão do impeachment.
EPIDEMIA NO SUDESTE– A epidemia de dengue não é algo exclusivo do Nordeste nem tampouco dos grotões. Em Belo Horizonte, o prefeito Marcio Lacerda (PSB) assinou, ontem, decreto em que declara situação de emergência na capital mineira por causa da infestação do mosquito Aedes aegypti, por um período de 180 dias. De acordo com o decreto, fica estipulada a criação do Grupo Executivo para Intensificação do Combate ao Aedes Aegypti (Geicaedes) visando a implementação do Plano de Contingências de enfrentamento da anormalidade instalada.
Quem decide é o governador– Um dos nomes cotados para disputar a Prefeitura de Surubim, o secretário de Agricultura, Nilton Mota, disse, ontem, que não tem projeto pessoal e não costuma tomar decisões isoladas do seu conjunto político. “Se esta for a vontade do governador Paulo Câmara e do meu partido estou aberto à discussão”, disse, adiantando que sua prioridade no momento é dar continuidade à gestão inovadora que vem fazendo na Agricultura.

Vaia constrangedora– O ex-diretor da área Internacional da Petrobras, Nestor Cerveró, que deixou a carceragem da Polícia Federal (PF), em Curitiba, ontem, para passar as festas de fim de ano com a família, levou uma baita vaia no voo de Curitiba para o Rio. Cerveró é colaborador da Operação Lava Jato e, conforme os advogados, a saída está prevista no termo firmado com o Ministério Público Federal (MPF). Cerveró deve voltar para a prisão em 2 de janeiro. Durante todo o período, ele será monitorado por tornozeleira eletrônica e por escolta policial.
Prevenção em Noronha– A Baía do Sueste, em Fernando de Noronha, local em que houve um ataque de tubarão na última segunda-feira, permanecerá fechada por pelo menos 48 horas, segundo a fiscalização do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Representantes do órgão devem avaliar o caso, juntamente com profissionais do Ibama, do Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarões (Cemit) e com pesquisadores que conhecem a ilha para entender como o ataque aconteceu e, assim, liberar o acesso da área à população.
Novaes da oposição– Em Floresta, o deputado Rodrigo Novaes (PSD), aliado na eleição passada da prefeita Rorró Maniçoba (PSB), com quem rompeu, deve mesmo disputar a Prefeitura enfrentando o grupo que detém o poder local. Como a prefeita é do partido do governador, a tendência é de Rodrigo é não contar em seu palanque com a presença de Paulo Câmara. Ali, a campanha já foi antecipada e deve ser extremamente radicalizada.


CURTAS 
MINIATURA – Numa entrevista a uma emissora de rádio, ontem, em Caruaru, o prefeito José Queiroz (PDT), ao abordar a polêmica da transferência da feira da sulanca, que o ex-governador João Lyra Neto (PSB) vem se contrapondo, tachou o adversário de “miniatura de ex-governador”. Pelo visto, a campanha em Caruaru vai pegar fogo. Coluna da Quinta-feira do Blog do Magno  notícias de são josé do belmonte,  politica de são josé do Belmonte, belmonte política, belmonte notícias,polícia belmonte, polícia são José do belmonte, política de são José do Belmonte, são José do belmonte, belmonte, belmonte noticias blog, belmonte noticias 190,blogs de são Jose do belmonte, blogs de são José do Belmonte, são José do belmonte, tribuna belmonte, tribuna belmontense,belmonte,

VOLTE À PÁGINA INICIAL






Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Quem somos

O Tribuna Belmontense é um blog de divulgação de notícias locais e regionais sobre os mais diversos assuntos de interesse geral.

Agradecemos sua visita. Volte Sempre :)

Twitter

Copyright © Tribuna Belmontense - São José do Belmonte - PE

Design por