30 de dezembro de 2015

POLÍTICA - Priscila Krause centrou fogo no governador Paulo Câmara e no prefeito Geraldo Júlio

 


POLÍTICA -  Priscila Krause  centrou fogo no governador Paulo Câmara e no prefeito Geraldo Júlio



Até então com contestações discretas em relação ao PSB, legenda que detém o poder na instância estadual e na Prefeitura do Recife numa aliança com o seu partido, o DEM, a deputa Priscila Krause rasgou a fantasia, saiu da toca e centrou fogo no governador Paulo Câmara e no prefeito Geraldo Júlio, contestando convênios celebrados para obras na capital.
São valores da ordem de R$ 60,66 milhões que se destinam a um conjunto de obras sociais em áreas pobres do Recife, Linha do Tiro, do Córrego Jenipapo, Morro da Conceição, Cordeiro e Alto Santa Terezinha. “Os convênios são ilegais porque o Recife não pode pactuar novas obras com o FEM por conta de atrasos nas obras anteriores”, alega a parlamentar.

Priscila atua na Assembleia com os olhos na política municipal. Sua ação não se estende ao Estado, mas ao Recife. Não conseguiu ainda se desvincular da Câmara, onde cumpriu três mandatos de vereadora, porque deseja disputar a Prefeitura. E para virar notícia, faz de tudo.
Algo inerente a quem planeja desafio majoritária é ficar na vitrine, especialmente no Recife, eleitorado exigente, onde os pleitos são decididos com frentes mínimas, muitas vezes inferiores a 1%. Por isso, Priscila procura enlouquecidamente os holofotes, que dela se distanciaram neste primeiro ano na Assembleia, enquanto virou visgo no dia a dia do líder do DEM na Câmara, Mendonça Filho.
Só que Mendonça, diferentemente de Priscila, está inserido num contexto bem diferenciado. No plano nacional, o DEM faz oposição frontal ao Governo Dilma, sendo um dos signatários do pedido de impeachment da presidente. Em Pernambuco e no Recife, o DEM, ao contrário, conjuga outro verbo.
É o verbo governar. O DEM, partido da deputada, está carimbado nos dois níveis de governo, ocupando cargos não apenas na gestão do governador Paulo Câmara como na de Geraldo Julio, no Recife. Priscila foi consultada na época e concordou. Mas como quer, a todo custo, se investir de candidata à sucessão na capital, abriu uma dissidência no seu partido.
Só esqueceu de combinar com o chefe, Mendonça Filho, presidente estadual da sua legenda, que até que diga o contrário, está afinado com Câmara e alinhado com a reeleição de Geraldo Júlio. Há quem aposte, entretanto, que a deputada optou pela radicalização de “oposicionista” para ganhar a carta de alforria do DEM.
Para quem, porém, tem origens no campo da direita, começado sua trajetória no PFL como presidente da Juventude Pefelista e por cima aliada de Marco Maciel, Roberto Magalhães e Joaquim Francisco, construir uma alternativa partidária em outro campo ideológico, a esta altura, se constituirá, fatalmente, uma barreira quase instransponível.
NO PTB– Estrela solitária do PTB na Câmara do Recife, o vereador Antônio Luiz Neto garante que não tem planos para fazer a travessia, seguindo os exemplos dos seus colegas trabalhistas Carlos Gueiros e Eduardo Marques, que aterrissaram de cuia e mala no PSB. “Sou presidente municipal do PTB e como tal tenho compromisso com o crescimento do partido no Recife”, diz Neto. Segundo ele, o partido lamenta a perda de dois vereadores, mas se revela animado. “Já temos 40 pré-candidatos a vereador”, assinala.
Ainda sem salvação– Trombada com o PSB e rompida com o prefeito Geraldo Júlio, a vereadora Marília Arraes até se assanhou para assinar a ficha de filiação ao PTB com a revoada de Carlos Gueiros e Eduardo Marques. Mas depois que soube que Antônio Luiz Neto arquivou o projeto de debandar também para o PSB, não quer nem ouvir falar mais em trabalhismo, porque sabe que não encontrará por lá a tábua da salvação. Já fez e refez as contas: com Neto ficando no PTB, não se reelege.
Confiança no ministro– O presidente estadual do PTB, José Humberto, admite que o partido perdeu gorduras na Assembleia e Câmara do Recife, mas não teme pelo futuro. “Armando detém uma liderança suficiente para conter a debandada se isso de fato vier a ocorrer, o que não acredito em hipótese alguma”, disse. Segundo ele, o ministro teve um ano atribulado em Brasília, mas dedicará mais tempo ao Estado em 2016.
Polêmica nas pedaladas– O ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, admite que o pagamento das pedaladas fiscais, que deve ser feito até amanhã, é uma forma de proteger o Governo do processo do impeachment. "Acho curioso que o presidente da Câmara fale como se nada estivesse acontecendo com ele. O impedimento dele está muito mais perto do que o impedimento dela. Ele tem um processo no Conselho de Ética e denúncia feita pelo Ministério Público ao Supremo Tribunal Federal”, afirmou.
A volta de Joaquim– Em Gravatá, a sucessão municipal passa pelo ex-prefeito Joaquim Neto (PSDB). Se conseguir se livrar de processos de inelegibilidade, é imbatível. Já num outro cenário, qualquer candidato que apoie tem chances de emplacar. A conclusão não é nem do campo governista nem oposicionista. Está refletida em todas as pesquisas eleitorais que remetem a 2016.



CURTAS 
ESTOPIM – O deputado Romário Dias não decidiu ainda o partido que fará opção depois que sair do PTB. Com Armando Monteiro, segundo o blog apurou, construiu uma relação entre tapas e beijos, mas para tapas. O estopim foi a perda do diretório de Araripina, que estava em suas mãos, para o ex-deputado Raimundo Pimentel, por decisão de Armando.
MEIA-ENTRADA– O ministro Dias Toffoli, do STF, concedeu medida cautelar (provisória) que desobriga a filiação de entidades municipais e estaduais a associações estudantis nacionais para a emissão de carteirinha de estudante que garante o pagamento de meia-entrada em eventos culturais. A decisão é de 19 de dezembro e tem validade imediata, mas ainda passará por análise do plenário do Supremo.

Perguntar não ofende: Quando Pernambuco verá, ao final, a cor do dinheiro para combater a dengue?  Blog do Magno   notícias de são josé do belmonte,  politica de são josé do Belmonte, belmonte política, belmonte notícias,polícia belmonte, polícia são José do belmonte, política de são José do Belmonte, são José do belmonte, belmonte, belmonte noticias blog, belmonte noticias 190,blogs de são Jose do belmonte, blogs de são José do Belmonte, são José do belmonte, tribuna belmonte, tribuna belmontense,belmonte,

VOLTE À PÁGINA INICIAL






Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Quem somos

O Tribuna Belmontense é um blog de divulgação de notícias locais e regionais sobre os mais diversos assuntos de interesse geral.

Agradecemos sua visita. Volte Sempre :)

Twitter

Copyright © Tribuna Belmontense - São José do Belmonte - PE

Design por