25 de setembro de 2015

POLÍTICA: Nas mãos da quadrilha

É melhor perder ministérios do que a Presidência”. A frase, antológica, é do ex-presidente Lula (PT), dirigida à sua criatura Dilma como prêmio de consolação por se ver obrigada a entregar na reforma ministerial as mais importantes fatias de poder ao PMDB, incluindo o poderoso Ministério da Saúde. No desespero, para salvar um Governo, que como um paciente em fase terminal está na UTI, como bem conceituou o marqueteiro Marcelo Teixeira, vale tudo.
Em outras palavras, Lula quis dizer o seguinte: entregue o País a uma quadrilha. Afinal, faça uma navegação rápida na internet e pesquise a origem dos que meteram a mão no dinheiro da Petrobras se não estão ou foram filiados ao PMDB. Não basta ir muito longe. As duas Casas do Congresso, Senado e Câmara, estão ocupadas por políticos citados e envolvidos na operação Lava Jato.

Atendem pelo nome, respectivamente, de Renan Calheiros e Eduardo Cunha. Este, aliás, já rompido com o Governo pela acusação de ter embolsado 5 milhões de dólares do esquema Lava Jato. São por eles próprios, caciques da legenda, por onde passarão as indicações dos novos ministérios dados de mão beijada pela presidente ao partido mais guloso e fisiológico da história republicana.
Dá para acreditar num partido que entrega as galinhas dos ovos de ouro a personagens acusados de quebrarem a Petrobras? O PT e Lula não pensam no País. Perderam todo o escrúpulo – se é que tinham. Mandando e desmandando no Governo, o PMDB, que tem maioria na Câmara e Senado, se passará agora pelo papelão de enterrar qualquer tipo de iniciativa de impeachment.
É o resultado da política do toma lá, dá cá. O PT nunca teve projeto para o Brasil. Lula, que se apresentou como o salvador da Pátria, só salvou, na verdade, a sua gente, a mesma que aparelhou o Estado e dele sugou a última gota de sangue do povo brasileiro. Nas mãos da quadrilha que o PT está passando uma promissora em branco, o Brasil agoniza.
Uma pena que ainda exista quem se engane com Lula e o PT. Você entregaria a chave da sua casa a quem não pode tirar uma folha corrida na polícia? Evidentemente que não, a não ser que você seja maluco. Mas Lula, acredite, mandou Dilma passar a chave dos cofres da Nação ao partido que permeia o noticiário nacional com o maior número de delinquentes flagrados pelo juiz Sérgio Moro.
SEGUNDA ETAPA– O presidente do Senado, Renan Calheiros, convocou para a próxima quartafeira (30) a sessão do Congresso que vai concluir a análise dos vetos da presidente Dilma Rousseff. O Congresso analisou e manteve 26 vetos da presidente. Sobraram para ser votados outros seis vetos. “Há uma cobrança com relação à conclusão daquela sessão, que avançou bastante, e essa tensão aborrece muito. O fundamental é que possamos fazê-la o mais rapidamente possível”, disse Renan.
Sílvio agora quer o Senado – Já considerado um político com projeção nacional, o vice-líder do Governo na Câmara dos Deputados, Sílvio Costa (PSC), tem vazado para algumas pessoas mais próximas o seu projeto político para 2018: disputar uma das duas vagas de senador pela chapa de oposição ao Governo do Estado. Ninguém duvide dos planos de Silvio, não. Além de inteligente, tem coragem de mamar em onça.


O jogo dúbio do PMDB– O PMDB levou ao ar em rede de rádio e televisão seu programa partidário deixando evidente seu distanciamento maior em relação à gestão da presidente Dilma Rousseff. Sem citar diretamente o Governo, o PMDB continua flertando com a saída da presidente Dilma e se apresenta como alternativa de Governo, ao dizer, na boca dos principais caciques da legenda, frases como "é hora de virar esse jogo", "deixar o estrelismo de lado" ou "unir forças acima de qualquer interesse partidário".
Consumidor paga o pato– A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou, ontem, uma nova metodologia de cobrança da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), que é um encargo cobrado nas contas de luz. Parte da conta, que até então era paga pelas indústrias, será repassada aos consumidores residenciais, o que pode representar uma alta de até 8% nas contas de luz. O impacto no bolso do consumidor será sentido quando autorizado o reajuste tarifário anual de cada distribuidora de energia.
O sonho de Uchoa – O presidente da Assembleia Legislativa, Guilherme Uchoa (PDT), revelou ao blogueiro que é candidatíssimo a prefeito de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife. Pelo que deixou a entender, trata-se de um projeto pessoal para encerrar a vida pública. Mas a parada será dura. O prefeito Mário Ricardo (PTB) faz uma gestão aprovada e podem entrar na disputa ainda Yves Ribeiro, pelo PSB, e Severino Ninho, ainda sem partido definido. Ambos já governaram o município.


CURTAS 
GRAVATÁ– Candidato a prefeito de Gravatá pelo PSDB, o ex-prefeito Joaquim Neto recebeu, ontem, em ato formal no Recife, o apoio de mais um partido ao seu projeto: O PSDC. O acordo foi fechado num encontro em que estiveram presentes o presidente estadual da legenda, Geraldo Queirós; o coordenador da campanha, Joeids Silva; José Eufrásio, presidente da comissão provisória do PSDC; e Maria Valeria, candidata a vereadora, além de Eudes Farias secretario estadual do diretório estadual.
MEDALHA- Na próxima terça-feira, o deputado estadual Rogério Leão (PR) vai receber a medalha Eduardo Campos concedida pela Defensoria Geral do Estado a 22 personalidades pernambucanas. Entre os homenageados estão também o governador Paulo Câmara e o prefeito do Recife, Geraldo Júlio, ambos do PSB. A sessão solene será presidida pelo Defensor Geral do Estado, Manoel Jerônimo Neto, no Teatro Santa Isabel, às 18 horas.
Perguntar não ofende: O PMDB vai conseguir salvar o mandato de Dilma? 



VOLTE À PÁGINA INICIAL






Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Quem somos

O Tribuna Belmontense é um blog de divulgação de notícias locais e regionais sobre os mais diversos assuntos de interesse geral.

Agradecemos sua visita. Volte Sempre :)

Twitter

Copyright © Tribuna Belmontense - São José do Belmonte - PE

Design por