19 de setembro de 2015

Jornalista sofre atentado após depor sobre fraude no transporte escolar, no interior de PE

Casa de jornalista foi alvejada; é possível ver
marcas de bala em paredes (Foto: Divulgação / PF)
A Polícia Federal (PF) revelou, nesta sexta-feira (18), que um jornalista que contribuiu com as investigações sobre uma suposta prática de cartel para contratar serviços de transporte escolar em prefeituras do interior de Pernambuco foi vítima de um atentado. O homem, de 59 anos, foi colocado no programa de proteção à testemunha da PF, após ter a casa alvejada dias depois de ter prestado depoimento.

O atentado aconteceu no dia 9 de junho, em frente à residência do jornalista, na cidade deGlória do Goitá, na Zona da Mata Norte do estado, mas a informação só foi divulgada agora para não atrapalhar as investigações.
“Ele sofreu um atentando dias depois que veio prestar informações. Então, nós achamos muito estranho isso. Ele estava sentado em frente de casa, com uma criança de colo, quando um motoqueiro passou e atirou. Ele se livrou por sorte”, explica o assessor de comunicação da PF emPernambuco, Giovani Santoro.
De acordo com Santoro, a polícia vinha investigando o caso através de denúncias anônimas antes mesmo do depoimento do jornalista. “As informações dele não desencadearam a operação, mas foram muito importantes”. A PF segue agora analisando a documentação levantada através dos mandados. Uma nova etapa do operação não é descartada.
As investigações giram em torno dos municípios de Limoeiro e Passira , no Agreste, e Glória do Goitá, na Zona da Mata Norte. Duas empresas estão sendo investigadas - elas teriam recebido mais de R$ 50 milhões nos últimos quatro anos, verba pública do Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (Pnate), do Ministério da Educação.
A PF afirma ainda que começou a investigar denúncias anônimas em 2014. A suspeita é de que, antes de haver a licitação, as empresas que prestariam o serviço de transporte escolar às prefeituras já estavam escolhidas. Também foram confirmados pagamentos em duplicidade. Para o chefe da Controladoria-Geral da União (CGU) no estado, Victor de Souza Leão, há fortes indícios de que essas empresas funcionem apenas como fachada.     notícias de são josé do belmonte,  politica de são josé do Belmonte, Belmonte política, Belmonte notícias,polícia Belmonte, polícia são José do belmonte, política de são José do Belmonte, são José do Belmonte, Belmonte, belmonte noticias blog, belmonte noticias 190,blogs de são Jose do Belmonte, blogs de são José do Belmonte,

VOLTE À PÁGINA INICIAL





Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Quem somos

O Tribuna Belmontense é um blog de divulgação de notícias locais e regionais sobre os mais diversos assuntos de interesse geral.

Agradecemos sua visita. Volte Sempre :)

Twitter

Copyright © Tribuna Belmontense - São José do Belmonte - PE

Design por