21 de setembro de 2015

GOVERNO DILMA: Se não cair, o País arrebenta

A pergunta que mais me fazem nos últimos dias é se Dilma resiste até dezembro. Respondo que não, a não ser que haja um milagre. Por impeachment ou renúncia? Com aulas de guerrilha em Cuba, a presidente, que já participou de assalto a um banco e defendeu a luta armada, não tem cultura para jogar a toalha.
Sendo assim, cairá pelo impeachment, como Collor. Fanáticos e delirantes petistas recorrem ao discurso do golpe quando se fala em cassação do seu mandato pelo Congresso. Alegam que ela não cometeu crime e que não há provas de envolvimento na roubalheira da Petrobras. Não há, ainda, uma Elba, a prova do crime contra Collor.
Mas Dilma quebrou o País. O Brasil chegou ao estágio da ingovernabilidade, sangra feito peru esfolado. Os empregos voam pelas janelas, a recessão fecha indústrias, a incompetência faz chegar ao Congresso um orçamento com um rombo de R$ 30 bilhões e com isso o País é rebaixado internacionalmente.

No desespero, sobrevivendo feito uma barata tonta, Dilma manda ao Congresso um pacote que desagrada a gregos e troianos, desde os servidores públicos, que prometem greve por tempo indeterminado até a fina flor do PIB, que enxerga mais recessão nas medidas. Impeachment se dá por outros motivos e não apenas pela comprovação de que o acusado meteu a mão no dinheiro alheio.
Quebrar um País é crime inafiançável, portanto com pena que resulta na perda de mandato. Quebrar uma potência como a Petrobras, assaltada por uma quadrilha na qual fez vista grossa e até compactuou com a compra de uma refinaria falida dos Estados Unidos, é crime de lesa-pátria. O que o Congresso, que tem as armas nas mãos para livrar o País de uma tragédia maior, quer mais?
Quanto ao argumento de golpe, que é falso e fantasioso, golpe na verdade é trair todos os princípios, é rasgar o que prometeu em praça pública fazendo tudo ao contrário, como o aumento da energia, dos impostos, dos juros, do gás, dos combustíveis, enfim, de rebaixar o País perante os credores internacionais.
Golpe é levar milhares de trabalhadores ao desemprego, meter a mão em direitos sagrados de trabalhadores, cortar programas sociais como o Bolsa-Família e o Minha Casa, Minha Vida. Golpe é mentir de forma escancarada, enganar, camuflar, passar a mão na cabeça de corruptos.
O Brasil cansou de Dilma. Ela não chega até dezembro. Se chegar, contrariando analistas, juristas e pessoas de bom senso, que querem o melhor para o País, o Brasil entrará num poço com um fundo tão grande que não conseguirá mais sair dele. Nossos vizinhos quebrados, como a Argentina, zombarão de nós e serão vistos como uma potência perante um Brasil cambaleante.
EQUÍVOCO– Matéria publicada na edição de ontem do jornal O Estado de São Paulo informa que o Planalto aposta no Senado e no apoio de seu presidente Renan Calheiros para barrar um eventual processo de impeachment contra a presidente Dilma. Se tal estratégia existe é equivocada por desinformação. Isso porque Dilma já será afastada do cargo, temporariamente, assim que a Câmara autorizar a abertura do processo pelo Senado, e não ao final do julgamento pelos senadores.
Daniel vai brigar com Joaquim – A chegada de Joaquim Francisco ao PSDB ofusca o neotucano Daniel Coelho, que tende a perder espaços para o ex-governador, visto pelos novos aliados como um candidato muito mais palatável para disputar a Prefeitura do Recife. Daniel foi desmoralizado nas eleições passadas no Recife, ficando em quarto lugar entre os federais mais votados, quando dizia que seria o primeiro. Se não abrir o olho, Joaquim come o seu cartão.




Uma voz no deserto– O deputado Sílvio Costa diz que a oposição não derruba Dilma. "O Brasil tem cerca de 200 milhões de habitantes, dos quais o Governo do PT incluiu 40 milhões. Diferente da oposição, foi o PT que fez o filho do pobre estudar Medicina, andar de avião e, acima de tudo, foi o governo do PT que respeitou as instituições, como Polícia Federal, o Ministério Público Federal e o Judiciário", afirmou, ao comentar a euforia da oposição com 1 milhão de assinaturas conseguidas pela internet em favor do impeachment.
Lula dá o braço a torcer– Em um jantar com ministros petistas no Lago Norte, em Brasília, na semana passada, o ex-presidente Lula surpreendeu os presentes ao fazer uma defesa do chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante. “Ninguém conhece o Mercadante como eu”, disse Lula. O ministro palaciano estava ausente do encontro. Mas pouco antes, no Palácio da Alvorada, Lula ouviu de Dilma que considerava a permanência de Mercadante fundamental na sua equipe.
Teobaldo deixa o PTB– O comando do PTN em Pernambuco está mudando de mãos. Sai do controle do vereador Gilberto Alves, líder do Governo Geraldo Júlio na Câmara do Recife, e vai para o deputado federal Ricardo Teobaldo, que já se acertou com o presidente nacional da legenda, José de Abreu. Filiado ao PTB, Teobaldo garante que a sua travessia para a nova legenda não afeta sua relação com o ministro do Desenvolvimento, Armando Monteiro, bem tampouco o levará a se definir, desde já, pelo apoio à reeleição de Geraldo.


CURTAS 
DEBATE– O companheiro Drayton Nejaim Filho me convidou para ser um dos entrevistadores do debate de hoje sobre o momento político nacional em torno do deputado Jarbas Vasconcelos (PMDB) durante café da manhã no JCPM Trade Center. A promoção é do grupo empresarial Lide Pernambuco. Jarbas tem sido uma das principais lideranças a defender o afastamento de Dilma.
PARQUES- O governador Paulo Câmara assina, às 10h, convênios de cooperação técnica para a implantação de Parques Urbanos Ambientais nos municípios de Taquaritinga do Norte, Vitória de Santo Antão, Caruaru, Bezerros e São Caetano nas bacias hidrográficas dos rios Capibaribe e Ipojuca. Com prazo de execução de 20 meses, a iniciativa conta com um investimento de R$ 11,2 milhões, recursos provenientes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro).
Perguntar não ofende: Qual é, verdadeiramente, a intenção do PDT ao trazer de volta à cena nacional o ex-ministro Ciro Gomes?Coluna da segunda-feira/ Blog do magno
 notícias de são josé do belmonte,  politica de são josé do Belmonte, Belmonte política, Belmonte notícias,polícia Belmonte, polícia são José do belmonte, política de são José do Belmonte, são José do Belmonte, Belmonte, belmonte noticias blog, belmonte noticias 190,blogs de são Jose do Belmonte, blogs de são José do Belmonte



VOLTE À PÁGINA INICIAL






Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Quem somos

O Tribuna Belmontense é um blog de divulgação de notícias locais e regionais sobre os mais diversos assuntos de interesse geral.

Agradecemos sua visita. Volte Sempre :)

Twitter

Copyright © Tribuna Belmontense - São José do Belmonte - PE

Design por