29 de julho de 2015

Caso Glauco: Policial acusado de matar jovem em Serra Talhada é absolvido na PMPE e fica na corporação



Mesmo respondendo na Justiça comum, indiciado pelo assassinato de Glauco Magalhães Diniz, 19 anos (foto), morto com dois tiros na noite de 16 de fevereiro de 2014 em Serra Talhada, o policial militar Marcos Clébson Pereira Diniz foi absolvido no processo de exclusão dos quadros da PM pelo comando geral da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE). A decisão acerca do processo administrativo disciplinar aberto contra o soldado foi publicada nesta terça-feira (28) no boletim geral da instituição. Com isso, Cléber, como é mais conhecido, permanece na condição de policial aguardando decisão final de um juiz.

O comando da PMPE entendeu que os tiros disparados pelo policial, que estava de folga na noite do crime, foram em legítima defesa após agressões e ameaças que teriam partido da vítima. Cléber e Glauco se desentenderam durante uma vaquejada no sítio Boi Morto, na zona rural de Serra Talhada. De acordo com o comando geral da PMPE, o soldado incorreu apenas em transgressão disciplinar.

A Polícia Militar enfatiza na decisão que Cléber, à época do crime, “era detentor de vários elogios constantes nos seus assentamentos, participando diretamente em 71 prisões, ficando de fácil entendimento por meio das provas testemunhais e materiais colhidos nos autos, que em momento algum, teve conduta que afete o decoro da classe ou o pudor militar”. No inquérito enviado à Justiça pela Polícia Civil consta que Glauco Magalhães estava desarmado quando foi alvejado. Após a conclusão do comando geral da PMPE o processo foi arquivado.Farol de notícias





VOLTE À PÁGINA INICIAL






Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Quem somos

O Tribuna Belmontense é um blog de divulgação de notícias locais e regionais sobre os mais diversos assuntos de interesse geral.

Agradecemos sua visita. Volte Sempre :)

Twitter

Copyright © Tribuna Belmontense - São José do Belmonte - PE

Design por