2 de junho de 2015

Concurseira faz piada da própria rotina e vira sucesso no Instagram

Cearense Mila Costa estuda há oito meses para concurso; ideia de Instagram surgiu de conversa com amigasFoto: arquivo pessoal

"Está carente? Com o coração cheio de saudade? Vai continuar! Tem a palavra amor no edital? Não! Mas ainda tem três páginas para ver... Não está fácil nem para o amor, gente". Foi com esse e muitos outros desabafos em vídeos no Instagram, dignos de alguém que, apesar do sufoco, sabe rir da própria desgraça, que a cearense Mila Costa, de 28 anos, vem ganhando centenas de seguidores que se identificam com a rotina sofrida dos chamados "concurseiros".

Formada em Direito, Mila resolveu fazer o Instagram depois das muitas conversas e risadas que compartilhava com as amigas sobre a vida dura daqueles que, muitas vezes, abdicam de trabalho e vida social para se dedicar aos estudos. "A ideia veio de umas amigas. Sempre conversamos e rimos muito, nos intervalos das aulas, sobre concursos e as 'sofrências'. Nossa vida social é basicamente ali. E um dia me falaram que minha maneira de falar era engraçada e que eu deveria fazer um blog. Aí fiz o instagram. A ideia não era de vídeo, mas gravei o primeiro e achei que poderia seguir essa linha", conta. O jeito deu certo, já que em menos de dois meses o Instagram criado pela cearense (@nocasoconcurseira) já tem quase 20 mil seguidores.

Quem não compartilha da rotina pensa que é fácil a vida de concurseiro. "O temido 'sim, só estudo'", brinca a cearense. O assunto rendeu postagem no Instagram, com direito a quase 2 mil curtidas. Depois de morar na Austrália por quase seis meses para aperfeiçoar o inglês, voltou para o Brasil e decidiu focar nos estudos. Já são oito meses de dedicação. "Estudo pela manhã em casa, faço academia e muay thai na hora do almoço e depois passo a tarde e a noite na biblioteca. Já tenho tudo programado. Às vezes é difícil manter a rotina, mas disciplina é algo que estou aprendendo a duras penas. A ideia da programação é de 8 horas por dia. Algumas vezes, fatores externos fazem ser um pouco menos. Mas a disciplina é essencial", conta.

As postagens diárias divertem até quem não tem familiariade com a área de Direito. Sempre de cara lavada, com a impressão de que acabou de ter a ideia ("Já prometi a mim que devo me maquiar antes de fazer" - brincou a concurseira) e resolveu dividir o desabafo com os seguidores, Mila transforma em piada os perrengues do dia a dia. O feedback não poderia ser melhor. "As pessoas têm sido muito legais comigo, têm se identificado. Acho que nós que vivemos isso acabamos vivendo um padrão de vida meio parecido. Fico muito feliz com o retorno. As pessoas sempre pedem mais vídeos. E muitos professores também", comemora.

O vídeo mais curtido no Instagram da cearense foi o descrito nas primeiras linhas deste texto. Já são mais de 3 mil curtidas. A dona parece ter uma explicação para tanta identificação dos seguidores. "Tem uma máxima que diz: vale a pena ser feliz concursado e não ser feliz no amor? Sim. Quando sofremos por amor é duro, mas sofrer por não entender uma matéria ou ver que sua prova foi suspensa é a dor de meses de sacrifício. Posso estar sendo racional, mas você não precisa aprender controle de constitucionalidade pra encontrar um novo amor. E pra ser concursado sim", garante Mila, em tom de brincadeira.NE 10



VOLTE À PÁGINA INICIAL






Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Quem somos

O Tribuna Belmontense é um blog de divulgação de notícias locais e regionais sobre os mais diversos assuntos de interesse geral.

Agradecemos sua visita. Volte Sempre :)

Twitter

Copyright © Tribuna Belmontense - São José do Belmonte - PE

Design por