15 de maio de 2015

Veja os Números da epidemia de dengue em Pernambuco

Com 358 casos de dengue notificados a cada 100 mil habitantes, Pernambuco vai intensificar as ações de conscientização para evitar mais mortes

Os esforços desde o começo do ano não foram suficientes para conter a epidemia generalizada de dengue em Pernambuco. Com uma incidência de 358,89 casos notificados para cada grupo de 100 mil habitantes, o estado confirmou a situação epidêmica e já é a área do Nordeste com mais notificações para a doença, representando mais de um terço dos casos da região. São 37.589 notificações e 8.319 confirmações, em 180 municípios. A Secretaria de Saúde (SES) e os Correios firmaram uma parceria para distribuição de panfletos e para que os carteiros atuem multiplicando dicas de prevenção. Já a Prefeitura do Recife firmou convênio para incluir 240 militares do Exército no combate aos focos a partir de segunda-feira.

Uma morte já foi confirmada neste ano no estado e 21 estão em investigação. Até o último dia 2 deste mês, Pernambuco havia registrado aumento de 528,68% nas notificações em relação ao mesmo período de 2014, quando foram notificados 5.979 casos e confirmados 2.380. Atualmente, 63 municípios estão com alta incidência da doença.

Até o início do próximo mês, os carteiros passarão por capacitação para orientar a população quanto ao controle dos focos do mosquito vetor da dengue, o Aedes aegypti. Eles também irão distribuir 51 mil panfletos. “As ações de bloqueio do estado consistem em eliminar o mosquito que está voando, mas é preciso chamar a atenção dos pernambucanos para evitar o surgimento de novos focos”, detalhou a coordenadora do Programa de Controle da Dengue da SES, Claudenice Pontes.

A Seguir, veja tabela com os Números da Dengue em Pernambuco (...)




Apesar dos casos leves, Claudenice ressaltou a importância de monitorar os casos graves. A professora Natália Parente, 27 anos, foi diagnosticada com dengue e teve sintomas durante 10 dias. Começaram com uma dor de cabeça forte e se ramificaram em manchas no corpo, febre alta, dor abdominal e diarreia. “Fazia a hidratação, mas não adiantava”, contou.

Outros tipos 

O estado confirmou os dois primeiros casos de chikungunya neste ano. São de uma idosa e uma adolescente de Iguaracy, no Sertão, infectadas durante viagem à Bahia.

Mesmo com a confirmação da circulação do vírus Zika no Brasil, pelo Ministério da Saúde, ainda não há nenhum caso no estado.

(Fonte: Diário de Pernambuco)




VOLTE À PÁGINA INICIAL





Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Quem somos

O Tribuna Belmontense é um blog de divulgação de notícias locais e regionais sobre os mais diversos assuntos de interesse geral.

Agradecemos sua visita. Volte Sempre :)

Twitter

Copyright © Tribuna Belmontense - São José do Belmonte - PE

Design por