28 de maio de 2015

Força colorada! Inter vence Santa Fe em jogo pegado e avança para a semifinal da Libertadores


No Beira-Rio, Colorado vence Santa Fé por 2 a 0, enquanto, no Mineirão, donos da casa perdem para o River: 3 a 0 .

O Internacional está na semifinal da Libertadores da América! O time colorado venceu o Santa Fé por 2 a 0 na noite desta quarta-feira, no Beira-Rio, com gols de Juan e Rafael Moura, e garantiu presença entre os quatro melhores do continente. O adversário na fase seguinte será o Tigres, do México, com a partida de ida no Beira-Rio, provavelmente no dia 15 de julho, e a volta em Monterrey. Neste domingo (31/5), às 18h30, o Inter volta a campo, desta vez pelo Brasileirão, diante do São Paulo.

Agora o time poderá se concentrar no Brasileirão, com a volta da Libertadores apenas em 15 julho, depois da Copa América. Como o Inter irá encarar o Tigres, a decisão pela vaga na final será no México. Bem antes disso, a equipe do técnico Diego Aguirre volta a campo no próximo domingo, para enfrentar o São Paulo, às 16h.

Santa Fe tem espaço e pressiona

O Inter começou o primeiro tempo do jeito que queria. Foi para a pressão em cima do Santa Fe. A premiação veio cedo: aos 2, em desvio de cabeça de Sasha, a bola alcançou Juan. O zagueirão subiu no segundo andar e mandou de cabeça para as redes, abrindo placar. Era a chance de construir a vantagem, mas o que se viu foi o contrário. A partir daí, quem dominou foi o time colombiano, com os comandados de Aguirre muito recuados.

Pouco depois, Sasha sentiu lesão e foi substituído por Valdívia. Aos 16 minutos, o Santa Fe já se sentia em casa no mar vermelho no Beira-Rio. Paez teve a oportunidade em lançamento na frente da área. Podia girar sozinho para o gol, mas errou o domínio. Dez minutos depois, Juan, de grande atuação, salvou. Omar Perez lançou Paez na cara de Alisson, mas o zagueirão surgiu para o combate na hora "H".

A defesa teve que fazer hora extra, com William se atirando de cabeça num chute fortíssimo de Omar Perez. O colombiano emendou de voleio da entrada da área e o lateral chegou a tontear com a força da conclusão. Para complicar, Alisson ainda errou duas saídas de bola seguidas e teve que trabalhar dobrado para defender e evitar o empate colombiano, que parecia perto quando o juiz apitou o fim do primeiro tempo.

Inter volta transformado e amassa os colombianos

Mas se uma certa tensão tomava conta quando terminou a etapa inicial, ela virou esperança a partir do começo do segundo tempo. O Inter foi com tudo para cima e passou a castigar os colombianos com a pressão. Tanta pressão que vieram as faltas violentas e duas expulsões do lado do Santa Fe. Entretanto, ainda teve susto aos três minutos. Omar Perez cobrou falta na área, que Rodrigo Dourado furou e Rivera quase concluiu para o gol.

A partir daí, o goleiro Castellanos teve que trabalhar por todo um time, tamanho o ímpeto colorado. Salvou aos 9 minutos quando Valdívia chutou de dentro da área e ele encaixou firme. Voltou a defender falta venenosa de D'Alessandro rente ao poste esquerda e ainda foi um paredão quando Valdívia rolou de calcanhar para D'Ale chutar à queima-roupa, da pequena área.

Rafael Moura entra para garantir a classificação

Já no fim do jogo, o nervosismo era enorme, já que o resultado levava aos pênaltis. O normalmente calmo Diego Aguirre foi expulso por reclamação. Mas a pressão tinha que virar gol: em um intervalo de poucos minutos, Anchico e Mosquera foram expulsos. E Rafael Moura entrou no ataque no lugar de Geferson e estava predestinado.

Aos 42 minutos, escanteio para o Colorado: D'Alessandro cobrou no primeiro pau e Rafael Moura desviou rente ao poste direito para o 2 a 0 da classificação. Dois minutos depois, Lisandro López teve a chance da goleada, mas perdeu duas vezes. Sozinho na marca do pênalti, desviou do goleiro, mas acertou o poste esquerdo. No rebote, com Castellanos caído, chutou cruzado e mandou para tiro de meta. A partir de então, o Inter tratou apenas de neutralizar qualquer tentativa de ataque do Santa Fe e apenas esperou o relógio apontar o fim do jogo para comemorar. Afinal, o Inter está entre os quatro melhores da América.

Libertadores - Quartas de final

Inter 2
Alisson; William, Ernando, Juan e Geferson (Rafael Moura); Rodrigo Dourado, Aránguiz, Sasha (Valdívia), D'Alessandro e Lisandro López; Nilmar (Alex). Técnico: Diego Aguirre.

Santa Fe 0
Castellanos; Anchico, Mina, Meza, Mosquera; Roa, Torres, Seijas e Perez (Perlaza); Morelo (Otálvaro), Páez (Rivera). Técnico: Gustavo Costas.

Gols: Juan (2min/1ºT) e Rafael Moura (42min/2ºT)
Cartões amarelos: Páez, Mosquera, Omar Pérez, Anchico (S); Geferson, Lisandro López, Aránguiz (I).
Expulsões: Mosquera e Anchico (S).
Arbitragem: Victor Hugo Carrillo, auxiliado por Jonny Bossio e Víctor Ráez (trio peruano).
Público: 44.665
Local: Beira-Rio




VOLTE À PÁGINA INICIAL






Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Quem somos

O Tribuna Belmontense é um blog de divulgação de notícias locais e regionais sobre os mais diversos assuntos de interesse geral.

Agradecemos sua visita. Volte Sempre :)

Twitter

Copyright © Tribuna Belmontense - São José do Belmonte - PE

Design por