13 de abril de 2015

Dérbi paulista entre Corinthians e Palmeiras será domingo, clássico San-São quase certo sábado. E a análise dos clássicos pelo Brasil



A reunião para definir a rodada das semifinais do Paulistão acontecerá na segunda-feira, mas é seguro afirmar: o Dérbi será no domingo às 16h em Itaquera, o San-São no sábado. Há uma chance remota de o San-São acontecer no domingo às 18h30. Remotíssima.

E a questão a se discutir na segunda-feira na Federação Paulista é se o clássico entre Santos e São Paulo será na Vila Belmiro ou no Pacaembu. O técnico do Santos, Marcelo Fernandes, garante a Vila Belmiro. A Federação não vai usar o artifício que o regulamento permite de determinar o local da partida. Mas o Santos ouvirá argumentos sobre outros momentos em que escolheu o Pacaembu, ganhou mais dinheiro e teve bom resultado esportivo.

Neste domingo, o Palmeiras sofreu para vencer o Botafogo. O técnico Régis Angeli montou seu time estrategicamente para dificultar o Palmeiras. Marcou no campo de ataque durante os primeiros quinze minutos e aproveitou a lentidão da troca de passes palmeirense, grande defeito do time de Oswaldo de Oliveira neste momento da temporada.

Faltou também Dudu finalizar melhor, especialmente na jogada que recebeu de Valdivia, logo depois do gol da vitória marcado por Leandro Pereira. Valdivia transformou o jogo, é fato. Mas alguns jogadores foram muito importantes. Robinho participou demais das jogadas desde o primeiro tempo e foi muito bem na função de segundo volante. Lucas jogou muito bem e fez o passe para o gol de Leandro Pereira.

FLAMENGO x VASCO

No primeiro tempo, o Vasco teve posse de bola, mas o Flamengo teve chances mais claras, em jogadas de velocidade, especialmente depois do lançamento que pegou Marcelo Cirino frente a frente com Martín Silva.

No segundo tempo, mudou. O Vasco foi melhor, Rafael Silva entrou melhor do que Yago, Dagoberto deixou o time mais agressivo do que Marcinho

A escolha de Paulo Victor como melhor em campo demonstra a superioridade vascaína no geral.

ATLÉTICO x CRUZEIRO

Dez clássicos sem derrotas igualam a maior série invicta do Cruzeiro. É esta a sequência atual do Atlético. Cinco vitórias e cinco empates desde os 4 x 1 do Cruzeiro em julho de 2013. Cinco vitórias e quatro empates em nove partidas no estádio Independência, desde a reinauguração.

O Cruzeiro começou melhor, mas sofreu o gol do 1 x 0.

E então, De Arrascaeta.

A cada jogo ele se firma mais. Fez boa apresentação contra o Mineros, terça-feira. Marcou um golaço contra o Galo no Independência.

De Arrascaeta entrou no Horto e saiu mais vivo do que nunca.



VOLTE À PÁGINA INICIAL






Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Quem somos

O Tribuna Belmontense é um blog de divulgação de notícias locais e regionais sobre os mais diversos assuntos de interesse geral.

Agradecemos sua visita. Volte Sempre :)

Twitter

Copyright © Tribuna Belmontense - São José do Belmonte - PE

Design por