28 de abril de 2015

Conheça os bastidores da fábrica da Jeep, que será inaugurada nesta terça

Linha de montagem do Jeep Renegade, em Goiana. Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem.
Após quase três anos de construção, a Fiat Chrysler Automobiles (FCA) abre as portas da fábrica da Jeep, em Goiana, na Mata Norte de Pernambuco, nesta terça-feira (28) com expectativa de produzir 250 mil veículos por ano. O número é expressivo e corresponde a 45 carros feitos por hora. Para tirar o projeto do papel, o investimento foi de R$ 7 bilhões.

Atualmente, a fábrica emprega 5.345 pessoas, divididos entre a planta da Jeep (1.971), o Parque de Fornecedores (2.524) e as empresas terceirizadas (850). Em média, 70% da mão de obra da Jeep é formada por pernambucanos.


Área de prensa da fábrica. Deixa a chapa no formato desejado Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem.

Em conversa com jornalistas, do Brasil e do exterior, nesta segunda-feira (27), o diretor de engenharia da montadora, Denny Monte, destacou que a fábrica de Goiana é o maior e mais complexo projeto industrial desenvolvido pela Fiat Chrysler Automobiles. O polo de Goiana é o primeira montadora da Jeep fora dos Estados Unidos.

Atualmente, a montadora é baseada em um conceito de integração, em que os sistemistas atuam no Parque de Fornecedores (Suplier Park). Ao todo, são 16 fornecedores em 17 linhas estratégias. O investimento é de R$ 2 bilhões. De acordo com o diretor do Parque de Fornecedores, o mexicano Alfredo Fernandez, do parque de fornecedores saem 40% das peças produzidas na unidade fabril.


AdicionaAs peças ficam nos rádios verdes, depois seguem para funilaria. Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagemr legenda

Um dos segmentos da empresa também prevê o investimento na área de educação. Em dezembro, a montadora assinou um protocolo de intenções com a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), a Universidade Rural de Pernambuco (UFRPE), a Universidade da Paraíba (UFPB), a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), o Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), Senai e IEL.


São mais de 600 robôs na área de funilaria. Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem.

Nesta terça (27), o diretor de Recursos Humanos da Jeep, Adauto Duarte, adiantou a intenção da empresa em instalar uma Faculdade de Engenharia Automotiva, no Recife, em parceria com o Senai.

“Já passamos os currículos prontos para o Senai, mas ainda não temos previsão do início das aulas”, disse Duarte.


Mais de 600 robôs trabalhando na área de automação. Os robôs fazem simultanemante 112 pontos de solda. Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem.

Outra contrapartida da empresa foi na área de saúde. Em parceria com o governo de Pernambuco, a Jeep está intermediando a construção de uma UPA-E, em Goiana. O hospital terá capacidade para atender 300 mil pessoas. A unidade deve ser inaugurada em maio.


A linha de montagem da Jeep preza pela ergonomia. Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem.


Área da mecânica, onde acontece toda a parte do câmbio, da montagem. Foto: sérgio Bernardo/JC Imagem.


Jeep Renegade passa pelo laboratório para testar todas as peças. Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem.




VOLTE À PÁGINA INICIAL






Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Quem somos

O Tribuna Belmontense é um blog de divulgação de notícias locais e regionais sobre os mais diversos assuntos de interesse geral.

Agradecemos sua visita. Volte Sempre :)

Twitter

Copyright © Tribuna Belmontense - São José do Belmonte - PE

Design por