22 de março de 2015

Lista cita os bandidos mais perigosos do Ceará



Ataques a banco, homicídios, roubos, tráfico de drogas, sequestro e latrocínio. Dentre os que praticaram estes atos, 19 homens são considerados os mais perigosos pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Eles compõem a lista dos mais procurados do Estado do Ceará, divulgada pela Pasta. Alguns, são suspeitos de cometimento de crimes e têm mandado de prisão em aberto. Outros, foram presos mas fugiram de Delegacias e até do sistema prisional. Há, ainda, o caso de um dos envolvidos no furto ao Banco Central que está foragido. A lista, divulgada desde 2007, já contou com 114 nomes, dos quais 95 já foram mortos ou capturados.

O primeiro nome da atual lista é o de Jangledson de Oliveira, o ´Nem´. Suspeito de crimes como latrocínio e formação de quadrilha, ele é apontado como um dos remanescentes da quadrilha de ´Roberto Oião´, morto no ano passado.

Junto a Nem, outros 18 homens são procurados por diversos atos cometidos nos últimos anos. Há, por exemplo, o sequestrador César Almeida de Andrade, também conhecido como ´Alemão´. Ele já foi considerado um dos criminosos mais perigosos do País no ano de 1999, conforme a SSPDS. Aqui no Ceará, é acusado de sequestro, porte ilegal de arma e falsificação de documentos.




BANCO CENTRAL
O furto ao Banco Central (BC) é considerada a maior ação contra instituição financeira já realizada no País. Um dos envolvidos naquele crime, cometido no ano de 2005, ainda está foragido.

Marcos Rogério Machado Morais, o ´Rogério Bocão´, fugiu do Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira (IPPOO) II no Município de Itaitinga, no ano de 2011.

Naquela ocasião, um grupo deu apoio à fuga, utilizando fuzis e efetuando disparos contra a guarnição militar que fazia a segurança do prédio.


FUGITIVOS
Além de Bocão, há mais dois homens dentre os mais procurados que são foragidos do sistema prisional. Francisco Rodrigues dos Santos, o ´Bodim´; e Wellington Matias de Moura, o ´Pequeno´, escaparam da Unidade Penal Adalberto de Oliveira Barros Leal, conhecida como Carrapicho, em Caucaia, no mês de setembro do ano passado.

Há ainda casos de criminosos que passaram cerca de duas semanas apenas recolhidos na Delegacia de Capturas e Polinter (Decap). Willame Huaina Diógenes Cintra, que responde por homicídios; e Francisco Ozivaldo da Silva Sousa, acusado de roubo e também homicídios; e Gilcélio da Costa Lima, o ´Tetinha´, foram presos no começo de fevereiro e escaparam da Decap no dia 18 do mesmo mês.


RELAÇÃO FEITA EM CONJUNTO
Como uma pessoa chega à lista dos mais procurados do Estado? Segundo o delegado geral de Polícia Civil, Andrade Júnior, a avaliação é feita em conjunto entre as forças que compõem a SSPDS. Há, também, a colaboração das Secretarias de Segurança de outros Estados.

A decisão, conforme o delegado, é tomada pelo secretário de Segurança, delegado geral da Polícia Civil, comandante da PM e coordenador de Inteligência da SSPDS.

"A população é convidada pelos órgãos de segurança pública a auxiliar na busca dos suspeitos. Através de denúncias pelos números 190 ou 181. O sigilo é garantido", salientou.

AÇÕES
Em 2014, 15 pessoas da lista foram capturadas. Equipes da Decap, Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Coin, Unidade Tático Operacional (UTO) da Divisão Antissequestro, Serviço de Inteligência da PM e Departamento de Inteligência da Polícia Civil estão, conforme Andrade Júnior, diretamente responsáveis pelas buscas e capturas. Fonte: Diário do Nordeste



VOLTE À PÁGINA INICIAL



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Quem somos

O Tribuna Belmontense é um blog de divulgação de notícias locais e regionais sobre os mais diversos assuntos de interesse geral.

Agradecemos sua visita. Volte Sempre :)

Twitter

Copyright © Tribuna Belmontense - São José do Belmonte - PE

Design por