25 de julho de 2017

Vítimas de enchentes são beneficiadas com projetos de destaque na Negócios Municipais


No primeiro semestre de 2017, a Comissão de Negócios Municipais aprovou projetos de leis que garantiram auxilio as vítimas dos municípios da Zona da Mata Sul atingidos pelas fortes chuvas no final do mês de maio. A autorização para o Estado criar o Fundo Especial de Amparo aos Municípios Atingidos pelas Chuvas (Famac) e a concessão de auxílio-moradia emergencial foram ações debatidas na Alepe para auxiliar as famílias que sofrem com as enchentes.

O deputado Rogério Leão (PR), presidente da Comissão, afirmou que os problemas sociais e a preocupação com o desenvolvimento de Pernambuco devem continuar em pauta nos próximos seis meses. “A expectativa é continuar cumprindo com a missão regimental da Comissão, abordando, simultaneamente, várias questões que afetam o desenvolvimento e a organização dos municípios e da sociedade”, observou.

Melhoria de serviços, equipamentos e infraestruturas dos municípios, como as obras de requalificação da BR-101 no entorno do Grande Recife, foram assuntos analisados e discutidos através de audiências públicas pelo colegiado ao longo da primeira metade do ano. 

A qualidade da prestação dos serviços pelas empresas de telecomunicação em Pernambuco foi debatida pelo colegiado em uma audiência sobre o sistema de fiscalização da Anatel. A Comissão aprovou, ao longo do semestre, 16 projetos de leis e fez dez visitas.

Leia Mais...

24 de julho de 2017

Concursados cobram promessa feita pelo prefeito de São José do Belmonte

Do Belmonte Verdade

Os concursados de São José do Belmonte ainda continuam lutando para garantir seus direitos, pois os mesmos foram aprovados no concurso no ano de 2016 e muitos ainda não foram convocados para assumirem seus cargos que estão sendo preenchidos por contratados. 

O prefeito Romonilson Mariano continua fazendo pouco caso com os aprovados no certame, sendo que o mesmo prometeu durante uma reunião na Câmara Municipal de São José do Belmonte que se o concurso não tivesse nenhuma irregularidade o homologaria e convocaria em seguida os aprovados, mas deixaria a justiça decidir e que os concursados fossem atrás da verdade.

Pois bem, os mesmos correram atrás e provaram que não existia nenhuma irregularidade no concurso. O tribunal de contas recomendou a homologação do certame, os aprovados fizeram pressão até que o mesmo o homologou, mas continua enrolando quanto à convocação.  

No dia da referida homologação o senhor prefeito prometeu que os convocaria à partir do dia 1º de Junho, já estamos quase iniciando o mês de Agosto e o gestor ainda não cumpriu com sua palavra. 

Então, em nome de todos os aprovados estou  usando esse grande veículo de comunicação para cobrar nossos direitos e pedir ao gestor uma explicação do não cumprimento da lei e da sua palavra.

Leia Mais...

18 de julho de 2017

Belmonte: Ex-prefeito Marcelo Pereira, fala ao Blog e esclarece alguns pontos que estão sendo veiculados na mídia e nos bastidores da política belmontense

O Blog  Silva Lima, entrevistou na noite desta 2ª feira (17) o ex-prefeito Marcelo Pereira, para tratar de alguns ponto que estão sendo veiculados na  mídia local com também nos bastidores da política belmontense.
O ex-prefeito Marcelo Pereira foi chamado na casa de Romonilson Mariano para tomar conhecimento da falta de alguns documentos para fechar a prestação de contas. Na mesma noite o ex gestor fez contato com a ex-secretária de Obras Roberta Menezes para solucionar o problema de sua gestão. Marcelo declarou quer não vê nenhum problema nisso e que sempre esteve à disposição para ajudar a sanar qualquer problema pendente.
A entrevista começou abordando o  fato que noticiado em um Blog local, onde o deputado Rogério Leão, teria remanejado uma emenda parlamentar no valor de R$ 80 mil reais, haja vista o município não poder receber esta emenda pelo fato do convênio de nº 101/2013, que trata de perfurações de poços artesianos ainda não ter sido fechado, por falta de documentação. (veja abaixo)
“Importante esclarecer que o município de São José do Belmonte poderia ter sido beneficiado com mais uma Emenda Parlamentar, a Nº 235/2017 no valor de R$ 80 mil (oitenta mil reais), destinada a Educação Municipal e que, por motivos alheios a minha vontade, teve que ser remanejada. Visto que, a Prefeitura Municipal de São José do Belmonte não entregou a tempo o Cadastro de Regularidade de Transferência Estadual – CRT – exigido pela Secretaria de Educação e que tinha como prazo final o dia 30 de junho de 2017 e para não perder este recurso o remanejamento foi necessário”, disse Rogério Leão. (Publicado no Blog Belmonte Verdade).
No tocante a esse assunto, o ex-prefeito Marcelo Pereira só teria tomado conhecimento da falta de documentos para prestação de contas de um convênio, por ocasião de um encontro com o atual prefeito Romonilson Mariano, em sua residência que por coincidência estava no local João Campos, filho do saudoso ex-governador  Eduardo Campos, o qual se prontificou em ajudar. Marcelo deixa claro que esteve na casa do prefeito para falar apenas do FEM 3.
Segundo Marcelo “este problema não é nenhum bicho de sete cabeças, basta pegarem o plano de trabalho na secretaria de agricultura e prestar conta, esse motivo não irá fazer com que o município perca qualquer recurso”. Disse Marcelo.
Blog do Silva Lima aproveitou a oportunidade para perguntar ao ex-prefeito se o mesmo teria alguma intenção política para as eleições futuras, em particular para as eleições de 2018?
Marcelo: Caro amigo Silva Lima, é verdade que eu tive convite sim para concorrer as eleições de 2018, não apenas de pessoas de São José do Belmonte, mas de outras pessoas fora da cidade que me procuraram para saber se havia meu interesse em concorrer a alguma cargo já em 2018. Simplesmente ME NEGUEI, pois não tenho intuito nenhum em participar de política, eu sai para não voltar. Todos os convites que recebi, rejeitei e por ocasião de minha ida recentemente a casa do prefeito Romonilson, eu falei para todos que lá estavam que NÃO tenho interesse em política.
Marcelo também deixou claro que é um cidadão partidário e coerente, sabe de onde veio e segue o grupo de Inocêncio Oliveira, Sebastião Oliveira e Rogério Leão, e que jamais trairia aqueles que lhe confiaram. Marcelo usou a expressão “Homem não trai”.
O ex-prefeito disse que, ainda na conversa com João Campos, após ele (Marcelo) relatar que não tinha interesse em concorrer a nenhum cargo público e que estaria no grupo de Sebastião Oliveira, a conversa com  o jovem João terminou, e que, o mesmo nem sequer lhe pediu apoio.
Por fim, Marcelo relatou ao Blog do Silva Lima, que além do apoio que dará ao seu grupo, caso o ex-presidente Lula, venha a ser candidato, o mesmo também terá seu voto.

Leia Mais...

17 de julho de 2017

Rogério Leão faz balanço de Emendas Parlamentares para São José do Belmonte


O deputado Rogério Leão divulgou nesta segunda-feira (17) um balanço das Emendas Parlamentares destinadas ao município de São José do Belmonte. Foram R$ 460 mil em obras, ações e aquisição de equipamentos para a terra da Pedra do Reino. Entre as benfeitorias estão perfurações de poços, aquisição de ambulâncias, reforma de posto policial, construção de passagem molhada e o “Mutirão da Cidadania”.

De acordo com o legislador, a Emenda Parlamentar Nº 110/2016, através do IPA – Instituto Agronômico de Pernambuco, no valor de R$ 60 mil foi destinada a perfuração de poços artesianos. A Emenda Parlamentar Nº 234/2017, no valor de R$ 120 mil, através da Secretaria Estadual de Saúde destinou-se a aquisição de duas ambulâncias que devem ser adquiridas pelo Poder Executivo Municipal, que atualmente encontra-se na Secretaria da Fazenda do Estado aguardando apenas a liberação do Pedido de Desembolso Nº 012729.

A reforma do Posto do Posto Policial localizado no distrito de Bom Nome, será possível com a Emenda Parlamentar Nº 243/2017 através da Secretaria de Defesa Social. Com a Emenda Parlamentar Nº 246/2017, no valor de R$ 200 mil está sendo construída a passagem molhada na comunidade da Boa Vista, através da Secretaria Estadual de Transportes.

Rogério Leão enumerou ainda o “Mutirão da Cidadania” que emitirá documentos, fará consultas jurídicas, exames laboratoriais, oftalmológicos, odontológicos, entre outras prestações de serviços ao cidadão com a Emenda Parlamentar Nº 247/2017 através da Secretaria de Defesa Social no valor de R$ 60 mil. No total, o município de São José do Belmonte será beneficiado com o valor de R$ 460 mil. Para o deputado Rogério Leão, mesmo em tempos de crise, o Governo do Estado tem dado atenção aos seus pedidos.

Rogério Leão salientou que enquanto um deputado federal tem quase R$ 16 milhões de Emendas Parlamentares a sua disposição, um deputado estadual tem apenas R$ 1,43 (um milhão quatrocentos e trinta mil) para dividir entre todas as suas bases eleitorais.

“Importante esclarecer que o município de São José do Belmonte poderia ter sido beneficiado com mais uma Emenda Parlamentar, a Nº 235/2017 no valor de R$ 80 mil (oitenta mil reais), destinada a Educação Municipal e que, por motivos alheios a minha vontade, teve que ser remanejada. Visto que, a Prefeitura Municipal de São José do Belmonte não entregou a tempo o Cadastro de Regularidade de Transferência Estadual – CRT – exigido pela Secretaria de Educação e que tinha como prazo final o dia 30 de junho de 2017 e para não perder este recurso o remanejamento foi necessário”, disse Rogério Leão.

“Não podemos deixar de informar a população que o Município para receber os valores das Emendas Parlamentares todos os documentos devem ser entregues nos prazos estipulados pelas Secretarias Estaduais que destinam os valores. O remanejamento de valores entre os municípios é pratica comum entre os parlamentares”, lembrou o parlamentar sobre as regras da Lei Orçamentária Anual.

Leia Mais...

14 de julho de 2017

Passagem molhada do sítio Boa Vista tem obras iniciadas em São José do Belmonte


A construção de uma passagem molhada sobre o Riacho São Cristóvão, no sítio Boa Vista, município de São José do Belmonte foi iniciada a todo vapor na última sexta-feira (7). O custeio da obra, no valor de mais de R$ 187 mil, será através de Emenda Parlamentar do deputado estadual Rogério Leão.

No dia 26 de Maio, o deputado estadual Rogério Leão, acompanhado de dois representantes da Secretaria de Transportes do Estado de Pernambuco, fizeram uma visita ao local com o objetivo de informar aos moradores daquela comunidade que seria dado início a construção da passagem molhada para solucionar o problema decorrente das precipitações pluviométricas, beneficiando assim a todos os moradores daquela localidade.

Na ocasião, Rogério Leão agradeceu o apoio do secretário de transportes, Sebastião Oliveira e do governador Paulo Câmara por mais esta obra e por tudo que eles têm feito para ajudar São José do Belmonte. O recurso para custeio da obra no valor de R$ 187.511,03 foi através de Emenda Parlamentar de autoria do deputado.

O início da obra foi registrado pelo blog Belmonte Verdade. Veja as fotos:





Leia Mais...

12 de julho de 2017

UPAE de Serra Talhada, no bairro da Cagep; abre vaga de emprego

A Unidade Pernambucana de Atenção Especializada (UPAE) Dr. José Alves de Carvalho Nunes, em Serra Talhada, está com vaga para o cargo de Terapeuta Ocupacional.

Com carga horária de 30h semanais, a vaga pode ser preenchida por profissionais portadores de deficiência, ou não. Os interessados devem encaminhar um currículo para o e-mail do RH da Unidade: rh.upaesrt@hospitaldotricentenario.com.br .

A UPAE localizada no bairro da Cagep, em Serra Talhada, foi inaugurada no dia 20 de março de 2014 e conta com mais de 14 especialidades médicas, além de um centro de exames e diagnósticos, beneficiando mais de 226 mil moradores de dez municípios da região.

Leia Mais...

Prefeitura de São José do Belmonte descumpre Lei de Acesso à Informação

Do Belmonte Verdade

O Município de São José do Belmonte inaugurou recentemente sua Ouvidoria no sentido de aproximar o cidadão da gestão. No entanto, contraditoriamente, enquanto traz os holofotes para este fato importante, a gestão municipal não tem cumprido com o dever de dar transparência dos atos administrativos, notadamente à folha de pagamento.

A última folha de pagamento constante no sistema diz respeito ao mês de abril do ano em curso, quando na verdade já deveria estar disponível para acesso o arquivo do mês de maio. Este noticioso recebeu inúmeras queixas dos cidadãos belmontenses que realizam o controle social das contas públicas a fim de que pudéssemos apurar a informação.

Em consulta ao endereço eletrônico da administração municipal http://idatasolucoes.com.br/PortalTransparencia/Belmonte/fato_folha_pagamentos constatou-se a veracidade das denúncias, uma vez que já decorreram mais de 20 (vinte) dias do pagamento sem que os dados tenham sido inseridos.

O art. 8° da Lei de Acesso a Informação definiu como um dever dos órgãos e entidades públicas publicar na internet informações públicas de interesse coletivo ou geral, especialmente a remuneração recebida por servidores e empregados públicos de maneira individualizada. 

Nesse sentido, o Município de São José do Belmonte está infringindo dever legal que lhe é imposto pela norma, cabendo aos nobres Vereadores, que têm a responsabilidade de realizar o controle externo das contas públicas, auxiliados pelo tribunal de contas, cobrar imediatamente o cumprimento da Lei.

Leia Mais...

10 de julho de 2017

8 de julho de 2017

6 de julho de 2017

Sogro de filha de Fachin é chefe em empresa da família Batista

Ministro Edson Fachin relator da Lava Jato
Da Folha de São Paulo
O sogro da filha do ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal), é chefe em uma das empresas da família do empresário Joesley Batista, cujo acordo de colaboração premiada foi homologado pelo magistrado.
Marcos Gonçalves é pai de Marcos Alberto Rocha Gonçalves, casado com uma das filhas do ministro e sócio fundador do escritório Fachin Advogados e Associados –do qual o relator da Lava Jato se afastou ao chegar ao STF.
Segundo a Folha apurou, Marcos Gonçalves trabalhou por 16 anos para o grupo J&F, dos irmãos Joesley e Wesley, e hoje é chefe de compra de gado do Mataboi Alimentos, frigorífico administrado por José Batista Júnior, o mais velho dos irmãos Batista.
Conhecido como Júnior Friboi, o primogênito da família Batista foi presidente da JBS de 1980 a 2005, quando decidiu se candidatar ao governo de Goiás. Naquela época, passou a integrar o Conselho de Administração da JBS, delegando a gestão da empresa aos dois irmãos.
Em 2013, Júnior vendeu sua participação no grupo J&F aos familiares.
Mas, em setembro do ano passado, quando Joesley e Wesley foram impedidos pela Justiça de exercer cargos executivos por conta das investigações da Polícia Federal, foi indicado por eles para assumir interinamente a presidência da JBS até o retorno dos irmãos.
A relação de Fachin com a família Batista tem sido explorada por aliados do presidente Michel Temer.
Deputados da base aliada ao Planalto protocolaram na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, por exemplo, um pedido de explicações a Fachin sobre sua relação com Ricardo Saud, lobista do grupo J&F, que controla a JBS, e que o teria ajudado em sua campanha de indicação ao STF –o que o ministro nega a aliados.
Presidente do colegiado, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG) arquivou o requerimento.
Em contato por telefone, Marcos Gonçalves confirmou à Folha ser pai do genro de Fachin, mas se negou a responder sobre sua relação com os irmãos Batista, Saud e sua função ou tempo de trabalho nas empresas da família.
"Não trabalho na JBS, trabalho no Mataboi Alimentos, e não falo da minha vida. Entendo que você é repórter, entendo a sua função, mas eu não falo", afirmou.
Filho de Marcos Gonçalves, o genro de Fachin hoje comanda o escritório de advocacia que leva o sobrenome do ministro ao lado da mulher e uma das filhas do magistrado, Melina Fachin. Os dois estão juntos desde 2003.
O próprio relator da Lava Jato atuou na firma desde sua fundação até ser indicado ao Supremo, há dois anos.
HISTÓRICO
Segundo a assessoria do escritório Fachin Advogados e Associados, onde o genro e a filha do ministro são sócios, Marcos Gonçalves começou a trabalhar para o grupo J&F em 1999, quando atuava como comprador de bovinos no interior de São Paulo.
Ele permaneceu no grupo até agosto de 2015, três meses depois de Fachin ser nomeado ministro do STF.
Depois, passou a integrar o quadro de funcionários do Mataboi. A Folha entrou em contato com o frigorífico por telefone, que informou que ele ocupa o cargo de diretor de compra de gado há cerca de um ano e meio.
O Mataboi Alimentos foi comprado por José Batista Júnior em dezembro de 2014. Ele havia deixado a J&F em 2013 para se dedicar à política, mas voltou ao ramo logo depois, com a JBJ Agropecuária.
À época da aquisição, Júnior disse que a JBS só não poderia comprar o Mataboi em razão das regras do Cade (Conselho de Administrativo de Defesa Econômica). O órgão avalia se a operação de compra do Mataboi pela JBJ, de Júnior Friboi, poderia gerar concentração no mercado de carne bovina in natura.
Isso porque, apesar de não haver uma relação societária entre a JBS e a JBJ, o Cade considera que o parentesco e as ações dos controladores das duas empresas "indica evidências de uma potencial atuação coordenada" entre as firmas. Não há decisão tomada ainda sobre o caso.
OUTRO LADO
O ministro Edson Fachin não respondeu sobre a relação do sogro de sua filha com o grupo J&F. Por nota, disse que não contou "com o auxílio de qualquer empresa ou grupo em seu processo de indicação ou de confirmação para o cargo de ministro do STF".
"Qualquer insinuação neste sentido é inaceitável, ainda mais quando o nome de seus familiares é envolvido", afirma o texto.
Ainda de acordo com a nota, parte das despesas durante o processo de sabatina para a confirmação, pelo Senado, de seu nome ao STF foi paga pelo escritório Fachin Advogados e Associados. "Reiteramos que não houve auxílio, de nenhum modo, de qualquer empresa ou pessoa física."
Folha questionou a JBS sobre por quanto tempo e em quais funções Marcos Gonçalves trabalhou para os irmãos Batista, se a JBS ou empresas do grupo J&F contribuíram financeiramente com a campanha de Fachin para o STF ou se Joesley ou Saud o fizeram como pessoa física, entre outras questões. A empresa não quis comentar.

Leia Mais...

5 de julho de 2017

Difícil de entender: Duque cobra o povo nas ruas contra Temer, mas não aceita críticas quando penaliza o povo com taxas



Do Caderno 1
Em recente entrevista na Rádio Serra FM, o prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque (PT), que em janeiro passado posava para fotos com sorriso largo no rosto ao lado do presidente Michel Temer, agora, diante do momento vivido pelo presidente não se intimidou em fazer duras críticas ao presidente, “Eu não sei se ele (Temer) se sustenta. Até quando vai essa situação. Um presidente hoje que não está sendo bem recebido pelos países, acho que vivemos num mundo globalizado e é preciso que os homens que vivem da política construam uma saída para esse caminho”, disse e foi mais além: “Os ‘paneleiros’ se esconderam. Para tirar Dilma foram às ruas, mas vivemos uma das maiores crises da história e ninguém reclama. O povo brasileiro está apático, omisso e não se manifesta. É momento do povo acordar e cobrar dos políticos brasileiros, do Judiciário, Executivo, uma posição para que o Brasil possa se reencontrar com o seu caminho”.
Apesar do seu discurso com cobrança da população nas ruas, o prefeito que também na entrevista disse: “lamentavelmente, como governante, me preocupo muito porque a gente governa sob uma era de incertezas, de dificuldades e tem preocupado muito…”, parece não se lembrar de por em prática a sua retórica, pois, diante das dificuldades deu um presente amargo para população serra-talhadenbse com a TCR (Taxa de Coleta de Resíduos), que revoltou a população, já que, embora a taxa seja um desmembramento de um valor embutido no IPTU, seu governo promoveu uma majoração no valor da mesma em mais de 500%.
O assunto, que vem sendo explorado pela imprensa local, notadamente pelo Caderno 1, tem irritado o prefeito e sua equipe que frequentemente têm feito críticas.
Também em entrevista numa rádio local, um dos seus principais assessores jogou a culpa da revolta da população a ‘setores da imprensa’ que segundo ele confunde a população.
Fechado em copas, o mesmo prefeito que incita à população a ocupar as ruas em busca de saídas para o país, evita dar declarações que possam esclarecer melhor toda celeuma criada com a TCR, nem tampouco acena com disposição para rever sua medida.

Leia Mais...

4 de julho de 2017

3 de julho de 2017

Situação de extrema pobreza na Vila Carolina, em São José do Belmonte-PE

Denúncias sobre o estado de uma família belmontense que vive em extrema pobreza, via redes sociais, foi comprovada pelo blog Belmonte Verdade. Moradores na rua João Lopes Diniz Barros, nº 23, no Bairro Carolina, a senhora Damiana mãe de 4 filhos, sendo uma menina de 17 anos, um menino de 14 anos, uma menina de 6 anos e um menino de 4 anos, não tem condições de pagar o aluguel da casa, as contas de água e luz. 

O proprietário da casa em que a família está pediu que desocupasse aquele imóvel e por falta de opções para onde ir, está passando fome com sua família. Após isso, o proprietário do imóvel, segundo informações da dona Damiana, retirou a porta da frente para forçar a se retirarem da casa. 

A equipe do blog Belmonte Verdade sensibilizada com aquela difícil situação que os mesmos estão vivendo, procurou alguns setores da administração pública e outros setores da sociedade no sentido de se resolver a tal situação, inclusive se dispondo a juntamente com os diversos setores da sociedade ajudar a referida família para uma solução definitiva da situação.

"Salientamos que por onde passamos vimos e ouvimos uma verdadeira demonstração de preocupação e atenção com relação a este problema", publicou o editor do Belmonte Verdade.

A Equipe Blog Belmonte Verdade convida toda a sociedade Belmontense a ajudar esta família, informamos também que qualquer ajuda possível que puderem disponibilizar será muito bem-vinda e aceita de coração, sendo que pode deixar na Secretaria de Saúde que depois pessoas responsáveis pela distribuição farão a entrega à família acima citada.


Leia Mais...

2 de julho de 2017

29 de junho de 2017

28 de junho de 2017

27 de junho de 2017

26 de junho de 2017

25 de junho de 2017

Reforma política: o que pode mudar no Brasil e o que está em jogo?

Na Câmara, perspectiva é aprovar PEC 282/2016 antes do recesso parlamentar
Ilustração Thiago Lucas/Editoria de Artes

Fim das coligações e cláusula de desempenho podem minguar existência de novos partidos e desidratar siglas pequenas


Leia Mais...

Postagens mais antigas Página inicial

Twitter

SOBRE NÓS

O Tribuna Belmontense é um blog de divulgação de notícias locais e regionais sobre os mais diversos assuntos de interesse geral.

Agradecemos sua visita. Volte Sempre :)

Copyright © Blog Tribuna Belmontense -

Design por